fotos, fotos e mais fotos !

Arquivo por Autor

Pesquisa: Campanhas Públicas

Veja as imagens abaixo e responda a pesquisa:

muito obrigado !


Grand Royal Filmes

É com muita alegria que eu venho falar, que hoje nasceu uma nova empresa, a Grand Royal Filmes, produtora de vídeo, marcando o início de uma nova era nos meus trabalhos e na minha carreira em fotografia e filmagens.

um pequeno texto introdutório sobre a empresa vem a seguir =D

A Grand Royal Pictures surgiu da parceria entre os fotógrafos Marcos Caviccioli e Fernando Delfini, buscando trazer toda a expertise da linguagem fotográfica que possuem, para a criação de filmagens inovadoras, que buscam um estilo próprio, mostrando que a fotografia e o cinema estão muito próximos, e que é possível produzir a união destas duas linhas de trabalho.

Trabalhamos com vários tipos de filmagens, e possuimos grande infra-estrutura, utilizando equipamentos de altíssima qualidade, câmeras de alta definição, técnicas de captação de som e fotografia cinematográfica, além do uso do que há de mais atual em pós-produção de vídeo, buscando o melhor resultado final. Nossa missão é a de pensar soluções muito mais pelo lado artístico do que pelo lado técnico, buscando descomplicar a produção de vídeo, marcada por grandes investimentos que nem sempre são necessários. Nosso objetivo é propor a melhor solução para o cliente, com a verba que ele possui, e sempre com a qualidade que espera.

Atuamos na produção de filmagens de eventos, casamentos, documentários, clipes musicais, comerciais, e muitos outros. Baseada em Brasília e São Paulo, a Grand Royal por ser formada por fotógrafos, trabalha também com fotografia de casamentos, 15 anos, fotografia publicitária, still, arquitetura, interiores, e muitos outros. Estamos dispostos a trazer soluções para o seu projeto, não importa o tamanho que ele tenha.





 

confira mais sobre o trabalho da Grand Royal Filmes em: www.grandroyal.com.br


Clipping: Revista Festa Viva

O super casamento da Aline e do Fabiano, ainda está rendendo muito buzz, muito bacana ter esse reconhecimento:

 

No Blog Pepper Wedding da Janete Pimenta tem mais: Casamento Aline & Fabiano
Tendência: Mini weddings no Blog da Revista Festa Viva


Cars Project

Corolla aro 20 - para o site MyRide.
foto: Sposito Studio

E aí pessoal, beleza ?

Então, acaba de sair do forno mais uma criação cinematográfica (marketing é a alma do negócio, né ?) minha, só que dessa vez com a parceria do Sposito Studio (www.spositostudio.com).

Para quem não conhece, o estúdio é tocado pelo Leo Sposito, bem conhecido de todo mundo que tem flickr, e de quem curte um trabalho bacana principalmente em fotografia automotiva.

O projeto é o de trazer a qualidade fotográfica que se pode encontrar nas fotos do Leo, para vídeos, feitos em alta definição, e utilizando várias técnicas já usadas na fotografia automotiva, como car-by-car, sliders, rigs, etc.

o primeiro vídeo, ainda experimental, vc pode confere a seguir, depois do jump

(mais…)


E o ano passou muito rápido…

Bom, faz eras que não atualizo este blog, coisa que eu vou buscar mudar neste ano de 2011, que já está no seu nono dia já…rsrs. Enfim, foram vários trabalhos que nem postei aqui, mas acabei mostrando no flickr, ou no meu próprio site, o fernandodelfini.com.

Foi um ano muito gratificante, entrei no mundo das filmagens de casamento, algo que eu nem imaginaria fazer há uns anos atrás quando comecei a fotografar, e que hoje eu faço exatamente por causa da fotografia de cinema, que é um trabalho muito interessante e completamente diferente da fotografia comum. Ao mesmo tempo, continuei com meus trabalhos de still e publicidade, e consegui clientes incríveis, hoje grandes amigos meus, e que me deram um apoio imenso em dar a confiança de todo o material de divulgação deles para a minha criação.

Após o jump, posto 3 novos clientes que consegui no ano que passou e algumas fotos feitas, e que não foram postadas no blog:

(mais…)


Protegido: Conferência do Ano Internacional da Biodiversidade

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:


A história de um casal que tem o mesmo sobrenome, parentes distantes, mas que se uniram por meio do casamento e do amor. Ele do Rio de Janeiro, ela de Campinas, mas que o destino os fez de se encontrarem em Brasília.

Um dos filmes mais gratificantes que já fiz, e em um local maravilhoso que é a Casa de Santa Teresa, que tem toda a vista do fundo do altar para o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor, no RJ.

Esse filme contém todos os preparativos, a decoração, a cerimônia e a festa. Além dos votos dos dois, nesta versão um pouco mais extendida e também mais completa que o normal.

Um exemplo do que é normalmente colocado no DVD entregue aos noivos, porém sem a cerimônia completa, com padrinhos, etc., e que geraria um vídeo um pouco mais longo, em torno de uns 20-30 minutos, dependendo da duração da cerimônia e da festa.

Este filme, como todos os outros aqui, foi feito com apenas uma câmera, e comigo de Film Maker. Com a utilização de vários equipamentos de estabilização, tripés, monopés, e outros, consegui obter todos os takes e detalhes deste filme, mesmo sozinho e sem qualquer suporte de uma equipe.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

www.fotonoiva.com.br


Institucional – Mobitá

Como todo mundo sabe, a maior parte dos meus clientes atua no setor moveleiro, porém, nunca tinha feito fotos mostrando o processo de fabricação dos móveis, algo muito interessante e que rende ótimas fotos.

Na última semana fiz o meu primeiro trabalho com fotos institucionais, mostrando exatamente o processo de fabricação de móveis feitos – a maior parte deles – em fibra natural, em um processo em grande parte totalmente artesanal. O cliente é a loja de móveis Mobitá, que já virou uma grande parceira.

Após o “break” você confere algumas das fotos deste trabalho:

(mais…)


4 anos…

No dia 22 de julho de 2006, mais ou menos por volta da hora deste post, eu estava comprando minha primeira câmera digital, e começando a fotografar e a me interessar pela fotografia. Comprei a câmera pois era a primeira vez que eu ia viajar para um lugar que eu queria muito conhecer: Campos do Jordão, e na época eu só tinha em casa uma câmera de filme antiga e toda automática.

O modelo escolhido foi uma Canon A620, que, ainda bem, tinha controles de abertura e velocidade, e foi aí que o interesse em aprender o que era aquilo surgiu. A internet ajudou muito nesse momento, o flickr, os fóruns por aí…Me fizeram interessar por fotografia, e querer melhorar a qualidade das minhas fotos.

A mudança, um ano depois, para uma dslr foi para mim uma grande conquista, e me fez começar a postar fotos no flickr. Com isso, conheci grandes amigos, muitos deles saíram do virtual, e hoje são pessoas que eu sei que posso contar quando precisar. São grandes irmãos pra mim.

A fotografia tornou-se então profissão, comecei a estudar bastante iluminação, ver trabalhos de outros fotógrafos buscando entender como eram feitas aquelas fotos de revista e editoriais, como se usava um flash, e tudo mais.

A sonho de me tornar um fotógrafo publicitário, muito mais por querer criar imagens realmente incríveis, perfeitas, do que o dinheiro que isso poderia trazer para mim, me deu uma certeza muito grande na escolha da faculdade que eu queria fazer: Publicidade e Propaganda. Para mim, o que eu aprendesse na faculdade seria muito importante, e me ajudaria entrar nesse mundo.

A faculdade escolhida, porque não tinha como ser outra, foi a USP, mais especificamente a Escola de Comunicações e Artes. Estudei como um condenado para conseguir passar em um curso que é considerado um dos mais concorridos, me afastei da fotografia e do trabalho, por precisar focar nos estudos, e principalmente por um outro motivo… Eu não tinha como pagar uma faculdade particular, o dinheiro que talvez me ajudasse a pagar daria para um ano no máximo, ou seja, era passar, ou passar.

Mais uma vez, a fotografia entra em cena, fiz um acordo, com minha investidora, também conhecida como minha mãe, que, se eu passasse, ela emprestaria esse dinheiro para mim, para eu poder trocar de câmera, e quem sabe conseguir trabalhos melhores com fotografia. Eu estudei praticamente 24 horas por dia, dormi pouco o ano inteiro, mas passei na faculdade, e hoje estou com uma 5D Mark II, conquistando de uma só vez, dois sonhos que eu tinha.

A câmera nova, me abriu novos mercados e caminhos, que eu estou começando a trilhar, e também me fez entrar no mundo do cinema, além da fotografia, e me está permitindo aos poucos eu pagar a dívida com minha mãe (Mãe, eu vou pagar tá, hehehe).

Mas isso não é tão importante assim, a fotografia me fez olhar o mundo de outra forma, me fez reparar em coisas que eu não reparava, e isso realmente não é um clichê, ou frase feita, a fotografia mudou completamente a minha vida, me fez conhecer grandes amigos, me fez conhecer lugares, me mostrou como a vida real funciona, me fez trabalhar e negociar com apenas 16 anos, como se eu fosse “gente grande”. Aprendi que a coisa não é tão legal como aparenta, encontrei pessoas que realmente queriam me ajudar, outras que me enganaram, me humilharam… (e a palavra apesar de ser forte, é essa mesmo) Mas ainda assim não tiraram minha força de vontade de continuar seguindo meu caminho, minha vontade de estudar e aprender cada vez mais, de chegar a um lugar mais alto. Encontrei minha vocação, minha profissão, estudo em uma ótima universidade, e conheci pessoas que eu vou levar para minha vida toda…

Aprendi tudo que sei por vontade própria, nunca fiz curso algum, fiz alguns workshops que sinceramente acho uma forma, salvo raras exceções, uma grande picaretagem. Nunca consegui pagar bons cursos, e por isso o único caminho foi o de aprender tudo sozinho, junto com meu perfeccionismo, que sempre me levou a tentar aprimorar sempre o que eu aprendia.

O mercado não é dos melhores, aliás, piora cada vez mais, mas eu acredito que um dia encontrarei um lugar para mim dentro dele. Posso ter equipamentos que custem bem caro, mas todos são conquistados com muito esforço, não sou rico, e nunca fui, apenas acredito no meu potencial, e invisto tudo o que posso nele, minha família está sempre ao meu lado, e meu pai, que está há 2 anos desempregado, já virou meu assistente e  um mestre das gambiarras por causa disso.

São apenas 4 anos, o caminho é longo pela frente, mas se que estou no rumo certo. Vou seguindo com minha força de vontade, lembro que não tenho grandes contatos nesta área, lembro que a luta vai ser bem difícil, lembro que não tenho dinheiro para tudo o que eu precisaria, e que vou deixar de comprar muita coisa para comprar ir aos poucos conquistando meus equipamentos. Mas, em primeiro lugar, lembro que tenho meu trabalho reconhecido por aqueles que eu realmente me importo: meus amigos e minha família.

Esse post vai para vocês.

Abraço !


D.I.Y Steadicam Project !

Novidades, Novidades, com um nome de post assim, e com uma exclamação no final dele, é sinal de algo realmente novo e bacana, hehehe. Para quem não sabe steadicams (este equipo estranho acima, e que lembra o braço de um robô) são estabilizadores de imagem, criados originalmente pela tiffen (http://www.tiffen.com/steadicam.html), e usados pela primeira vez no filme Rocky I. Sim, a cena de Sylvester Stallone correndo só foi possível graças a um steadicam.

Assim, com um steadicam, você consegue filmar correndo, subindo escadas, entre outros movimentos de câmera complexos, sem que a imagem fique tremendo, captando assim estes movimentos de forma suave.
Por isso, eu precisava de um equipamento deste, porém, devido eu rapidamente lembrar que eu estou no Brasil, e importar um equipamento deste é extremamente caro, realmente um absurdo, custando mais de R$ 5000, resolvi pesquisar na internet sobre projetos Do It Yourself, para criar o Steadicam.

Logo achei o site: http://steadycam.org/ onde se encontra o projeto de um steadicam fácil de fazer e bem funcional, criado por Johnny Chung Lee. Aprimorei o projeto (na verdade meu Pai, a.k.a MacGyver) e o resultado disto, além de um novo vídeo, você confere após o “break”

(mais…)